Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

14 de mai de 2011

CONCURSO AUDITOR FISCAL DO TRABALHO 2012 EDITAL INSCRIÇÃO VAGAS

Ministério do Trabalho contratará auditores fiscais aprovados em concurso de 2010 e realizará novo processo seletivo 

Os 117 auditores fiscais do trabalho aprovados em concurso realizado em 2010 serão contratados. Também será realizado novo concurso em 2012 para preencher 600 vagas na área. A informação foi dada pela representante do Ministério do Trabalho e Emprego, Vera Lúcia Ribeiro de Albuquerque, que participou, nesta quarta-feira (11) de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). A audiência celebrou os 120 anos da inspeção do trabalho no Brasil.
Ela informou que o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, já tomou as medidas necessárias para que o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão efetive as contratações, necessárias diante da aposentadoria de muitos auditores.
O presidente da CDH, senador Paulo Paim (PT-RS), destacou que a comissão já havia enviado ofício ao Ministério do Trabalho e Emprego pedindo a contratação dos aprovados no concurso. Outro pedido nesse sentido, disse Paim, será enviado pela CDH.
O aprimoramento das condições de trabalho dos brasileiros, observou Vera Lúcia, depende da atuação dos auditores fiscais, cuja atividade é referência mundial. O Brasil é consultado por outros países, destacou, quanto à inspeção e ao combate ao trabalho escravo, infantil e marítimo.
Apesar dos cortes orçamentários feitos pela presidente da República, Dilma Rousseff, Vera Lúcia ressaltou que as fiscalizações do ministério vão prosseguir. Ela garantiu que não faltarão recursos para a continuidade da fiscalização e prometeu empenhar-se pessoalmente para assegurar as inspeções na hipótese de carência de verbas.
Trabalhadores com medo
Apesar de milhões de brasileiros ingressarem no mercado formal de emprego, o número de auditores tem diminuído, disse a presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait), Rosângela Silva Rassy. Ela ressaltou que existe no Brasil um auditor para cada 14.895 trabalhadores enquanto que em 1970 essa relação era para um para 1256. Destacou ainda a falta de capacitação de auditores como um dos problemas a serem resolvidos e defendeu a criação de Escola Nacional de Inspeção do Trabalho, projeto em estudo pela Casa Civil da Presidência da República.
A fiscalização, na avaliação de Sebastião Soares, presidente da Nova Central e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI), é prerrogativa de Estado e deve ser tratada como política prioritária. Em sua opinião, os trabalhadores ainda têm medo de denunciar irregularidades por medo do desemprego. Esse temor, ressaltou, estimula maus empregadores a explorarem seus funcionários.
O falta de aparelhamento da fiscalização é um grande problema, disse o deputado federal Taumaturgo Lima (PT-AC), que também é auditor fiscal do trabalho. Além disso, o plano de cargos e salários dos servidores administrativos desestimularia os profissionais a permanecerem no Ministério do Trabalho. Ele cobrou melhoria das condições de trabalho e dos salários dos servidores.
Assassinados
A falta de segurança dos auditores fiscais também foi abordada na audiência pública. Elba Soares da silva, viúva de Nelson José da Silva – um dos auditores assassinados em Unaí (MG), em 2004 -, disse que seu marido sofria ameaças e, mesmo assim, realizava fiscalizações sem o acompanhamento da polícia. Para ela, o julgamento dos acusados é importante para a categoria, uma vez que a impunidade favorece a ocorrência de crimes semelhantes.
- Na minha cidade, qualquer dono de quitanda se acha no direito de ameaçar auditores fiscais – disse ela, em referência ao ataque que matou, além de seu marido, mais dois auditores e o motorista que os servia.
Por sugestão de Orlando Vilanova, auditor fiscal do trabalho aposentado, os presentes à audiência fizeram um minuto de silencia em homenagem às vítimas da tragédia de Unaí.
Ao abordar a saúde e a segurança do trabalhador, Francisco Luís Lima, vice-presidente de Segurança e Medicina do Trabalho do Sinait, informou que são 700 mil acidentes de trabalho por ano no país. Ele atribui isto à quantidade “insignificante” de médicos e engenheiros para fazer análises e apresentar soluções para diminuir os acidentes.
Negociações
Em cumprimento à convenção da Organização Internacional do Trabalho (OIT), observou Vera Lúcia, as mediações entre empregadores e empregados não são mais feitas por auditores fiscais. Ela disse que departamento especializado do Ministério do Trabalho e Emprego realizará essa tarefa.
Em sua avaliação, a mediação deve ser uma atividade neutra, o que não é o caso da fiscalização, que atua em defesa do trabalhador. No entanto, recomendou que os auditores não “abram mão” de resolver conflitos.
Para Rosângela Rassy, presidente do Sinait, a mediação é uma das atribuições auditoria do trabalho e não deve ser transferida para setores administrativos do ministério. Na avaliação da sindicalista, os servidores administrativos não estão preparados para assumir essa responsabilidade.
- A atuação mediadora da inspeção é instrumento importante para ação do Ministério do Trabalho e pode evitar muitos conflitos. Em alguns momentos, a mediação é mais importante do que a ação fiscal. A mudança de comportamento, muitas vezes, é mais importante que a autuação – afirmou por sua vez o representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Pedro Armengol.

-são menos de 3000 AFT's no Brasil, deveria ter quase 7000 (acho que 6800) segundo a OIT
-No concurso 2009/2010 foram classificados 457 pessoas, chamaram 234 até agora.
-Desde a última nomeação do concurso de 2006/07 houve 459 vacâncias

Ou seja, mesmo que chame todos os excedentes do concurso de 2009/10 não vai nem cobrir as vacâncias, o MTE não vai nem manter o quadro que tinha em out/07. E com o governo Lula foram criados 15 milhões de empregos, então olha só a situação da Auditoria Trabalhista.

E também tem outra coisa, se os 221 excedentes resolverem fazer o próximo concurso, com certeza haverá uma taxa de aprovação superior a 50%, ou seja, vão ser candidatos duros de se bater, a experiência vai contar.

Só quis dizer o seguinte, mesmo chamando os excedentes, a carência será extrema ainda.



Visão do governo
A secretária de Inspeção do Trabalho Vera Albuquerque, representando o ministro Carlos Lupi, afirmou que a Fiscalização do Trabalho, nestes 120 anos, se tornou forte e competente, reconhecida internacionalmente, mas que ainda pode evoluir muito. Para ela, as conquistas dos AFTs e da fiscalização no Brasil não têm equivalência no mundo, tanto do ponto de vista dos direitos dos servidores, como da remuneração e das atribuições. Os resultados da fiscalização, mesmo com o reduzido número de AFTs, segundo a Secretária, são muito positivos e aumenta a cada ano, ressaltando o fato de que dos mais de 15 milhões de empregos criados nos últimos oito anos, praticamente 1/3 foi de responsabilidade direta dos AFTs que registraram trabalhadores sob ação fiscal. Ela frisou que a ministra do Planejamento, Miriam Bechior, prometeu ao ministro Lupi que serão convocados no segundo semestre deste ano os 117 candidatos aprovados no concurso de 2010. O SINAIT reivindica que todos os 220 aprovados sejam chamados. E anunciou que a SIT prepara para 2012 a realização de um novo concurso, com cerca de 600 vagas.


Fique atento baixe prova de auditor aqui.

Um comentário:

  1. A PUC-Campinas está com inscrições abertas até 26 de julho para os cursos de especialização Contabilidade, Auditoria e Controladoria.
    Acesse ao site para mais informações:
    http://www.puc-campinas.edu.br/pos/lato/curso.aspx?id=59
    Se você está pensando em mudar de instituição de ensino, veja quais os procedimentos para se transferir para PUC-Campinas:
    http://www.puc-campinas.edu.br/servicos/transferencias.asp

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI, A TODOS QUE PRESTARÃO ESTE CONCURSO, DICAS, CONSELHOS, BIZU, NOTÍCIAS, LINKs, OU MESMO UMA MENSAGEM POSITIVA!

ACOMPANHE NOVAS POSTAGENS POR E-MAIL

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS